Carregando...

Cidades

Empresa é contratada para a demolição do "puxadinho" do Iate na Pampulha

A contratação foi publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Município

Por João Henrique do Vale

A empresa que irá fazer a demolição do anexo do Iate Tênis Clube, ícone do conjunto moderno da Pampulha reconhecido como patrimônio da humanidade, foi conhecida nesta terça-feira. A Prefeitura de Belo Horizonte publicou no Diário Oficial do Município (DOM) o contrato firmado com a empresa América Latina Engenharia Eireli. O valor do serviço será de R$ 118 mil. 

No contrato está prevista a "prestação de serviço técnico-profissional especializado para elaboração de projetos de engenharia para demolição de edificação existente e projeto paisagístico de área pública remanescente, atualmente ocupada pelo Iate Tênis Clube"

Segundo a PBH, existem irregularidades na construção. Entre elas, a obstrução da visão da Igrejinha da Pampulha, bem tombado desde 1947, e a invasão de área pública municipal

A prefeitura alega, ainda, que “a curva do espelho d’água em que está situado o Iate Tênis Clube foi idealizada por Oscar Niemeyer como ponto de observação privilegiado da vista frontal da Igrejinha da Pampulha” e que a construção do anexo obstruiu, sem autorização do Poder Público, a visada do monumento moderno previamente tombado.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais