Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. “Estamos em uma democracia”, diz Kalil sobre blocos de rua de BH
Imagem: Amira Hissa / PBH

“Estamos em uma democracia”, diz Kalil sobre blocos de rua de BH

Prefeito descartou possibilidade de impedir que blocos saiam às ruas da capital


Por Lucas Rage

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), descartou a possibilidade de dispersar os blocos carnavalescos que têm tomado as ruas da capital, durante o Carnaval.

O chefe do Executivo foi questionado sobre as aglomerações que vêm acontecendo, a despeito da orientação da prefeitura de que as festas de rua não sejam realizadas. “Estamos em uma democracia, né? Já pensou se eu for prender quem sai de abadá batendo tambor na rua?”, questionou Kalil. “Nós fizemos o que tínhamos que fazer dentro de uma coerência técnica e sanitária. Se o povo está saindo na rua, que saia. Não tem problema nenhum. Nós não temos autoridade para proibir que ninguém saia na rua”, completou.

Segundo o prefeito, o objetivo da prefeitura — ao não patrocinar o Carnaval — era evitar as grandes aglomerações. “Nós não queríamos quatro milhões de pessoas se aglomerando. E isso foi evitado. Esse foi o principal objetivo, uma maneira bem pragmática e bem fácil”, afirmou.

Ainda conforme Kalil, Belo Horizonte é “uma cidade muito feliz”. “Apesar do que nós estamos passando, da sabotagem toda em Belo Horizonte, é uma cidade que mudou de patamar. Estamos cuidando de gente, e fazendo coisa pra gente. E não temos autoridade para proibir ninguém de sair na rua”, afirmou.


Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais