Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Flexibilização: BH libera horários de bares e aumenta capacidade nos estádios
Imagem: Arquivo PBH

Flexibilização: BH libera horários de bares e aumenta capacidade nos estádios

Publicação no DOM também desobriga apresentação de teste negativo de Covid-19 em partidas de futebol para quem tem esquema vacinal completo


Por Carol Torres

A Prefeitura de Belo Horizonte oficializou a liberação do funcionamento de bares e restaurantes na cidade em qualquer horário. O decreto foi publicado na edição desta sexta-feira (15) do Diário Oficial do Município (DOM). Por causa da pandemia de Covid-19, os estabelecimentos estavam liberados para funcionar até 1h.

Confira os setores sem restrições:

Padarias e lanchonetes, permitido o consumo no local;

Comércio varejista de mercadorias em lojas de conveniência ou similares;

Serviços de alimentação, para consumo no local: restaurantes, cantinas, sorveterias, bares e similares, inclusive aqueles no interior de galerias de lojas, centros de comércio, shopping centers e clubes de serviço, de lazer, sociais e esportivos

Comércio de alimentos em veículo automotor e em veículo de tração humana

Estádio e eventos

A publicação do DOM também confirma a suspensão da obrigatoriedade de apresentar resultado dos testes de detecção da Covid-19 negativo para frequentar estádios de futebol. A partir de agora, a comprovação poderá ser feita pelo cartão de vacina, com registro das duas doses ou dose única.

Torcedores que não tenham completado o esquema vacinal ainda precisam apresentar o teste RT-PCR ou Teste Rápido de Antígeno negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes do horário agendado para a partida.

A Prefeitura autorizou, ainda, o aumento da capacidade na lotação dos estádios de 30% para 40%, medida aplicada também para eventos sociais, espetáculos e shows ao vivo.

 “Em locais cuja capacidade de público seja superior a 6.000 (seis mil) pessoas, a quantidade máxima de público poderá ser de 40% (quarenta por cento) da capacidade do local, desde que todos os participantes e trabalhadores estejam testados ou vacinados(...)”, diz o texto publicado no DOM. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais