Carregando...

Cidades

Fura-filas na Saúde: Zema determina investigação e CPI pode ser aberta na ALMG

O secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, pode responder por improbidade administrativa

Por João Henrique do Vale

Foto:Clarissa Barçante

O governador Romeu Zema (Novo) solicitou a abertura de uma investigação para apurar denúncias de irregularidades na vacinação de servidores da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG). A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pode abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O caso já está sendo investigado pelo Ministério Público e também pela Polícia Federal (PF).

De acordo com a denúncia, servidores de setores administrativos da Secretaria de Saúde foram vacinados. Além disso, trabalhadores de atividades de almoxarifado, funcionários que estão em trabalho presencial e que realizam atividades em teletrabalho integram um calendário específico da secretaria. As informações constam em um memorando da SES.

Por meio das redes sociais, Zema pediu celeridade na apuração dos fatos a partir dos órgãos de controle interno do governo. “Desde as primeiras informações sobre a vacinação de servidores estaduais fora dos grupos prioritários, determinei a imediata abertura de investigação pelos órgãos de controle interno do Estado para apurar possíveis irregularidades”, afirmou.

Secretário é cobrado na ALMG

Nessa quarta-feira, o caso foi discutido na ALMG. A deputados, o secretário Carlos Eduardo Amaral admitiu que a Saúde vacinou profissionais não essenciais integrantes da pasta, como jornalistas e assessores. Amaral também assumiu que tomou ele mesmo a vacina “para dar exemplo” à população.

Ao se pronunciar sobre o caso, o presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus, chamou a vacinação dos furas fila de “trem da alegria” e “vergonha nacional”. Parlamentares recolheram, em tempo recorde, as assinaturas necessárias para a instauração de uma CPI para investigar o caso.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais