Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Governo de Minas destina R$ 603 milhões para cidades e atingidos pelas chuvas no estado
Imagem: Imprensa MG / Divulgação

Governo de Minas destina R$ 603 milhões para cidades e atingidos pelas chuvas no estado

Recupera Minas foi divulgado nesta terça-feira pelo governador Romeu Zema e o Secretário de Governo, Mateus Simões


Por Lucas Rage

O Governo de Minas Gerais vai destinar R$ 603 milhões para as famílias e cidades atingidas pelas chuvas que devastaram o estado.

Repasse foi detalhado, nesta terça-feira, pelo governador Romeu Zema (Novo) e o Secretário de Governo, Mateus Simões (Novo)

Batizado de Recupera Minas, o plano foi elaborado após o governo ouvir as prefeituras e atingidos, mapear as principais demandas e realizar estudos que garantam a viabilidade das ações. 

O recurso será usado para restabelecer estradas, auxiliar os moradores e apoiar as cidades. 

Os investimentos estaduais estão divididos em três eixos: auxílio às pessoas, apoio às cidades e infraestrutura estadual. Um quarto eixo será formado por doações da sociedade civil em que o Governo de Minas oferece suporte para que o apoio chegue aos municípios e às pessoas atingidas.

Até o momento, 380 cidades decretaram situação de emergência em Minas. Segundo a Defesa Civil, 25 pessoas perderam a vida durante o período chuvoso. Mais de 55 mil mineiros tiveram que deixar suas casas devido aos temporais.

Auxílio  às famílias de 1,2 mil

Entre as iniciativas divulgadas está o auxílio às famílias, benefício emergencial de R$ 1,2 mil que será dividido em três parcelas mensais, de R$ 400.

O benefício acontece após investimento de R$ 78 milhões, e vai contemplar cerca de 60 mil pessoas. O repasse estadual será feito aos municípios que poderão utilizá-lo de acordo com a necessidade da população atingida. Caberá às prefeituras definir o tipo de benefício a ser ofertado, como aluguel, cestas básicas, transferência direta de recursos ou compras de móveis, colchões, eletrodomésticos e itens de higiene, conforme a realidade local de cada cidade, para auxiliar na superação das dificuldades causadas pelas enchentes.

R$ 182 milhões para a construção de moradias

O estado vai direcionar ainda R$ 182 milhões, para a construção ou reconstrução de moradias populares em locais afetados pelas chuvas. Os recursos estarão disponíveis via financiamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) às prefeituras. Serão fornecidos modelos de projetos de arquitetura e instalações, com kits contendo a relação, quantitativo e especificações de materiais de construção, para auxiliar na futura execução das unidades habitacionais. O BDMG também ofertará financiamento com juros abaixo do valor de mercado e carência estendida a micro e pequenas empresas afetadas pelos estragos causados pelas chuvas.

Doação de geladeiras

O governo de Minas anunciou, ainda, a doação de 5 mil geladeiras, por intermédio da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Os eletrodomésticos serão distribuídos de forma proporcional ao número de famílias de baixa renda de municípios em situação de emergência ou de calamidade pública em decorrência das chuvas e que tenham o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) menor que 0,6.

Também serão adotadas medidas diferenciadas nas tarifas da Cemig e da Copasa nas localidades atingidas, com suspensão da cobrança em alguns casos e parcelamentos de débitos em até 24 vezes.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais