Carregando...

Cidades

Grande BH pode ter toque de recolher e proibição de venda de bebidas alcoólicas

Municípios da região metropolitana devem ser inseridos na onda lilás do Minas Consciente, que fica entre a onda roxa e a vermelha

Por João Henrique do Vale e Fernando Motta

Toque de recolher, proibição de vendas de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes, e fiscalização mais dura no transporte intermunicipal. Essas medidas devem entrar em vigor nos próximos dias na Região Metropolitana de Belo Horizonte para conter o avanço da Covid-19

As ações foram discutidas em reunião que contou com a presença 21 dos 34 prefeitos dos municípios da Grande BH. O secretário-adjunto de saúde Marcelo Cabral, também esteve presente no encontro.

Segundo a prefeita de Contagem, Marília Campos, houve divergências entre os prefeitos quanto ao funcionamento das atividades comerciais. "Contagem é uma região que tem muitos shoppings, comércios grandes, que geram aglomeração, o que não é uma realidade para municípios pequenos", disse.

No entanto, de acordo com Ilce Rocha, prefeita de Vespasiano e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), os prefeitos concordaram em criar medidas restritivas. “O comércio vai seguir aberto. Mas, teremos toque de recolher de 20h até 5h, e proibição da venda de bebidas alcoólicas nos bares e restaurantes. Os supermercados também não poderão vender as bebidas alcoólicas geladas”, afirmou. 

Transporte coletivo

Em relação ao transporte metropolitano, todos os prefeitos e prefeitas sinalizaram que é uma questão importante a ser solucionada. "É uma questão importante para o governo controlar, como o aumento de frota e colocação de limite para os passageiros", disse Marília Campos.

Segundo Ilce rocha, esse é o grande gargalo dos municípios da Grande BH. "Nós vamos buscar medidas junto ao Governo do Estado. Pedimos também ajuda da Polícia Militar para que a gente possa fazer isso com uma pontualidade maior."

Segundo ela, em conversa com Romeu Zema (Novo), o governador já se dispôs a incluir a Polícia Militar nas fiscalizações relacionadas a esse novo momento de restrições nos municípios.

Encontro nesta tarde

Na tarde desta segunda-feira, a presidente da Granbel vai se encontrar com representantes do Governo de Minas para oficializar as diretrizes da onda lilás. Essas regras devem ser publicadas na próxima quarta-feira (10).

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais