Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Hospital da Baleia fecha leitos de Covid-19 após queda na taxa de ocupação
Imagem: Hospital da Baleia/Divulgação

Hospital da Baleia fecha leitos de Covid-19 após queda na taxa de ocupação

Unidade vai realizar mutirões cirúrgicos com uso de 10 leitos de CTI e 94 de enfermaria que foram liberados


Por Déborah Lima

A queda na taxa de ocupação dos leitos reservados para pacientes em tratamento da COVID-19 no Hospital da Baleia fez com que as 10 vagas de CTI e 94 de enfermaria fossem liberadas a partir deste fim de semana.

As unidades serão utilizadas para atender a demanda de pacientes que ficaram sem o atendimento cirúrgico durante o último período de pico da pandemia.

Os pacientes com suspeita de infecção pelo coronavírus serão atendidos em leitos isolados.

Mutirão de cirurgia

Neste sábado (19), um mutirão ginecológico será realizado pelo Hospital da Baleia para dar vazão à fila de procedimentos cirúrgicos do Sistema Único de Saúde (SUS).

A unidade informou que 20 mulheres que aguardam por procedimentos ginecológicos serão atendidas para remoção do útero, remoção de um ou dois ovários, além de procedimentos que permitem identificação e tratamento de eventuais alterações existentes dentro do útero, como pólipos, miomas, sangramentos uterinos e alterações anatômicas, por exemplo.

Já no dia 2 de abril, as cirurgias serão voltadas ao público infantil e 30 crianças realizarão procedimentos. 

“Ortopedia é outra especialidade das mais procuradas. Para atender a grande demanda, o Hospital da Baleia tem realizado cirurgias ortopédicas às segundas, quintas e sextas, sendo, em média, de 32 a 35 cirurgias por dia. Somente pelo SUS, são cerca de 470 cirurgias ortopédicas por mês”, informou o hospital.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais