Carregando...

Cidades

Imagem: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Identificada mais uma vítima do rompimento da barragem em Brumadinho

Angelita Cristiane Freitas de Assis, de 37 anos, foi identificada por meio de exames de DNA

Por João Henrique do Vale

Mais uma vítima da tragédia do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, na Grande BH, foi identificada. Trata-se de Angelita Cristiane Freitas de Assis, de 37 anos. A técnica de enfermagem do trabalho era casada. 

Já foram identificadas 262 pessoas que morreram na tragédia. Oito vítimas continuam desaparecidas.

De acordo com Ricardo Moreira Araújo, médico-legista do setor de Antropologia Forense do Instituto Médico Legal (IML), a identificação foi feita nesta quarta-feira. “Conseguimos a identificação por meio da tecnologia do DNA. O marido da vítima foi comunicado 15h10 sobre a identificação”, comentou. 

O médico-legista afirma que eles recebem todos os dias materiais para serem identificados. Araújo comentou que o corpo encontrado pelos Bombeiros em 2 de outubro segue sendo analisado. 

Por meio das redes sociais, o governador Romeu Zema (Novo) comentou sobre a identificação da vítima e usou o lema “nunca esqueceremos Brumadinho”. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais