Carregando...

Cidades

Idosos acima de 89 anos começam a ser vacinados; PBH alerta para golpes

Um dos primeiros a receber o imunizante na capital mineira nesta nova etapa de imunização foi o idoso José Batista Soares, de 98 anos

Por João Henrique do Vale

Uma nova etapa de vacinação contra a Covid-19 teve início nessa segunda-feira em Belo Horizonte. Idosos a partir de 89 anos começaram a ser imunizados.  Um dos primeiros a receber a dose foi José Batista Soares, de 98 anos. A Prefeitura fez um alerta para a população para possíveis golpes. As visitas dos profissionais de saúde são agendadas previamente pela administração municipal. Com isso, a população deve ficar atenta com visitas inesperadas.

A vacinação de idosos a partir de 89 anos começaram a ser cadastrados nessa segunda-feira. Até 14h, foram mais de 7 mil inscritos. Equipes da Prefeitura nas regionais Oeste e Barreiro entraram em contato durante a tarde com os primeiros idosos, agendaram a visita e foram até as residências para a imunização.

Os idosos cadastrados serão contatados durante a semana em todas as regionais. Os critérios estabelecidos para o cadastro serão atestados durante a visita da equipe ou no posto de vacinação, para a confirmação de que todos os idosos estejam dentro do grupo estabelecido.

O cadastro pode ser feito no portal da Prefeitura ou pelo telefone 156 (disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e nos fins de semana e feriados das 7h às 20h, na opção 2). O pedido pode ser feito pela própria pessoa – com 89 anos completos até 28 de fevereiro de 2021 –, um parente ou um responsável.

Golpes

A prefeitura de Belo Horizonte alerta para golpes que estão sendo feitos por criminosos. As visitas das equipes de vacinação contra a Covid-19 são agendadas via ligação telefônica, após a realização do cadastro. A administração municipal orienta que os moradores não abram a porta ou receba nenhuma pessoa que diga ser da prefeitura, sem o horário estar marcado e sem as devidas identificações.

Mensagens com um cronograma de datas e idades de pessoas a serem vacinadas que estão circulando pelas redes sociais são falsas. A Prefeitura não envia códigos para celulares solicitando confirmação ou senhas de qualquer natureza.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais