Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Incêndio atinge a Santa Casa de Belo Horizonte; duas mortes são confirmadas
Imagem: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Incêndio atinge a Santa Casa de Belo Horizonte; duas mortes são confirmadas

Chamas atingiram sistema de oxigênio do Centro de Terapia Intensiva. Hospital teve que ser evacuado


Por João Henrique do Vale

O incêndio que atingiu a Santa Casa de Belo Horizonte,  nesta segunda-feira,  provocou pânico e desespero na unidade de saúde.  A suspeita inicial é que as chamas tiveram início no sistema de oxigênio de um dos quartos do 10° andar,  onde fica localizado o Centro de Terapia Intensiva (CTI). Dois andares tiveram que ser evacuados e pacientes foram transferidos para outros dois hospitais.  Duas mortes aconteceram durante este processo. 

O incêndio começou por volta das 20h. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve correria e algumas pessoas entraram nos elevadores.  Para ajudar a controlar a situação,  o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE) foi acionado.  No desespero, algumas pessoas quebraram as janelas dos quartos

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também apoiou as operações e ajudou na transferência de pacientes.  Eles foram levados para os Hospitais João XXIII e também São Lucas,  que está localizado na frente da Santa Casa

O trânsito no entorno da Santa Casa foi interditado para facilitar o trabalho das forças de segurança e para receber as pessoas que estavam dentro do hospital. 

Mortes registradas 

No fim da noite de segunda-feira e início da madrugada desta terça-feira,  o Corpo de Bombeiros confirmou que mortes foram registradas.  A apuração inicial indica que pacientes vieram a óbito durante a transferência e não por consequência direta do incêndio. 

Não houve óbito em decorrência direta do incêndio. Nenhuma pessoa por queimadura ou inalação de fumaça veio a óbito.  O que acontece é que durante a transferência houve sim alguns óbitos de vítimas. O 10° andar contempla um Centro de Terapia Intensiva (CTI). Tinham ali diversas pessoas em estado gravíssimo. E algumas dessas vítimas vieram o óbito no momento da ocorrência”, explicou o tenente Pedro Aihara,  porta-voz do Corpo de Bombeiros.  

Os corpos das vítimas serão encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) para identificar a causa da morte. 

Por meio de nota, a Santa Casa afirmou que os pacientes apresentavam estado clínico grave. 

Início do incêndio 

As chamas atingiram o quarto número 61 do 10° andar.  No pavimento está localizado o CTI onde estão 50 unidades.  Testemunhas contaram aos militares que o fogo começou no sistema de oxigênio. 

As equipes fora acionadas 20h11.  Tivemos relatos das pessoas que falaram que aconteceu uma falha em um equipamento, seguido de uma pequena explosão. A partir disso, um vazamento no sistema de oxigênio e o início do princípio de incêndio”,  disse Aihara. 

O trabalho dos militares foi para tentar conter as chamas neste quarto. O que foi feito com sucesso.  A Defesa Civil Municipal vistoriou o local.  Não foram identificados danos estruturais. O revestimento, mobílias e a parte elétrica acabaram destruídos e a área teve que ser isolada preventivamente. 

Prédio evacuado 

Mesmo com o trabalho rápido da brigada do hospital e do Corpo de Bombeiros,  o pânico foi imenso entre os pacientes, acompanhantes e funcionários do hospital.  Enquanto a fumaça se espalhava por alguns andares,  algumas pessoas, desesperadas,  quebraram janelas.

Pacientes foram levados para a Avenida Francisco Sales,  que estava interditada. Segundo a Santa Casa, no momento do início do incêndio, 931 pacientes estavam internados. Os que se encontravam no 10º e 9º andares foram removidos.  O Corpo de Bombeiros estima que aproximadamente 200 pessoas estavam nesses dois pavimentos. 

De acordo com o diretor Jurídico, Governança e Planejamento da Santa Casa, João Costa de Aguiar Filho,  outras unidades de saúde da capital receberam os pacientes. “Foram 15 pacientes para o Hospital João XXIII e também outros para o Hospital São Lucas,  que fica aqui em frente. Gestantes e crianças também foram levados para outras unidades de saúde”, disse. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais