Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Kalil descarta redução de viagens de ônibus após reunião com o Setra
Imagem: Setra-BH/Divulgação

Kalil descarta redução de viagens de ônibus após reunião com o Setra

Presidente do sindicato disse que procura alternativas para que o passageiro não arque com o custo integral do transporte


Por Déborah Lima e Marcello Oliveira

Em reunião na tarde desta terça-feira (15) na prefeitura de Belo Horizonte entre o prefeito Alexandre Kalil e o Sindicato das Empresas de Transporte de Belo Horizonte (SETRA-BH), o chefe do executivo municipal descartou qualquer redução no número de viagens de ônibus na cidade.

“Sabemos da situação gravíssima que estamos, não tem operação de guerra em BH e nós vamos continuar a negociar, vamos continuar trabalhando e o transporte continua com o mesmo preço e a mesma quantidade de viagem”, explicou Kalil.

O presidente do Setra, Raul Lycurgo Leite, defendeu que há um trabalho transparente das 34 empresas de quatro consórcios que prestam o serviço de transporte coletivo na capital. “Todas as nossas contas estão abertas para a BHTrans e para a prefeitura”.

Segundo o Setra, atualmente as empresas atendem cerca de 900 mil passageiros por dia. “Nosso plano de guerra é o seguinte: as empresas estão em colapso”, comentou o presidente do sindicato.

O Setra-BH informou que segue em negociação e vai aguardar para ver como vai ficar a situação do diesel. “Amanhã tem uma nova assembleia em que vamos analisar novamente; o prefeito pediu e não vamos tomar nenhuma medida que seja abrupta; neste momento, nada muda”, disse o presidente do sindicato. “Nossa proposta é um subsídio para que os usuários não tenham que pagar o custo inteiro do serviço”, completou. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais