Carregando...

Cidades

Imagem: Dnit/Divulgação

Leilão das BRs 381 e 262 é adiado novamente

A mudança de data foi confirmada pelo Ministério da Infraestrutura nesta quinta-feira

Por João Henrique do Vale

O leilão das BRs 381 e 262 foi novamente adiado e não acontecerá mais neste ano. A mudança de data foi confirmada pelo Ministério da Infraestrutura nesta quinta-feira. A pasta afirma que adotou um novo mecanismo nos contratos que vai propiciar economia. Um novo edital de concessão das rodovias será publicado, mas ainda sem data prevista. Inicialmente, o leilão estava previsto para 25 de novembro e foi transferido para 20 de dezembro.  

Segundo o Ministério, o novo mecanismo foi desenvolvido diante de uma variação significativa entre o índice aplicado para correção tarifária nos contratos de concessão (IPCA) e o reajuste de preços dos principais insumos de obras rodoviárias ao longo de 2021, como petróleo e aço.

Com o novo método, a pasta quer assegurar a realização dos investimentos necessários por parte dos concessionários, sem que a população seja prejudicada no bolso, com o aumento dos preços dos pedágios.

A concessão 

O projeto consiste na concessão de 686,10 km no trecho da BR-381, com início em Belo Horizonte, até o entroncamento com a BR-116, em Governador Valadares. E também no trecho da BR-262, entre o entroncamento com a BR-381, em João Monlevade, até a divisa entre MG/ES. Além do trecho da BR-262, entre a divisa ES/MG, até o entroncamento com a BR-101, em Viana.

Está previsto no edital a exploração da infraestrutura e da prestação de serviço público de recuperação, operação, manutenção, monitoração, conservação e implantação de melhorias. O contrato terá duração de 30 anos, prorrogável por mais 5 anos. 

Ao longo da rodovia, serão instaladas 11 praças de pedágios. Do total, oito ficarão em Minas Gerais. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais