Carregando...

Cidades

Imagem: Reprodução / Polícia Civil

Mais uma joia de Brumadinho é identificada

Identificação foi feita por DNA, e anunciada nesta quarta-feira pela Polícia Civil de Minas Gerais; oito vítimas permanecem perdidas em meio à lama

Por Lucas Rage e Victor Duarte

A Polícia Civil de Minas Gerais identificou mais uma vítima que teve sua vida ceifada pelo Crime Ambiental da Vale, em Brumadinho.

A identificação da “joia” foi comunicada nesta quarta-feira (10) pela Corporação, e marca 263 vítimas já identificadas. Sete pessoas permanecem perdidas em meio à lama.

Trata-se de um homem, que à época tinha 55 anos. Os restos mortais foram encontrados em 2 de outubro. A família não autorizou a divulgação do nome desta vítima.

“A #PCMG identificou mais uma Jóia, vítima do rompimento da barragem em Brumadinho. A identificação foi realizada por meio dos trabalhos das equipes do Instituto de Criminalística, a partir de DNA”, informou a Polícia Civil, pelo Twitter.

Ocorrido em 25 de janeiro de 2019, o rompimento da Barragem de Córrego do Feijão, em Brumadinho, deixou 272 mortes.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais