Carregando...

Cidades

Imagem: CBTU / Divulgação

Mesmo com greve, justiça determina circulação de 100% do metrô de BH em horários de pico

Tribunal Regional do Trabalho definiu operação do transporte metroviário em meio a ameaça de paralisação por parte da categoria, a partir da quinta-feira (23)

Por Lucas Rage

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT), seção Minas Gerais, determinou que os metroviários mantenham o funcionamento do metrô de BH na próxima quinta-feira (23), quando está planejada paralisação da categoria.

Decisão acata pedido da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), e determina o funcionamento da operação metroviária de 05h30 às 10h e das 16h30 às 20h, a partir da data.

 Nos dias 24 e 31 de dezembro, a determinação é que o horário da operação seja de 05h30 às 10h e das 16h30 às 23h

A decisão garante a operação integral do metrô no horário de pico, com 100% das composições operando nos intervalos mencionados. 

Em sua decisão, o desembargador de plantão, Dr. Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto, acrescentou que “no contexto da atual pandemia, as pessoas precisam, mais do que nunca, deslocar-se aos hospitais, e os profissionais de saúde e outros trabalhadores de serviços essenciais se deslocarem até os seus postos de trabalho, de forma segura”.

Em caso de descumprimento, a multa ficou definida em R$ 30 mil por dia.

A decisão ainda prevê a notificação da BHTRANS, SETOP e TRANSCON, para que seja viabilizada a adequação e oferta das linhas de ônibus durante os horários em que não haverá a circulação de trens.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais