Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Metroviários e professores em greve protestam em ato unificado na Praça Sete
Imagem: Déborah Lima / Rede 98

Metroviários e professores em greve protestam em ato unificado na Praça Sete

Categorias se reuniram no Centro de Belo Horizonte para reforçar reivindicações


Por Déborah Lima

Metroviários e professores da rede pública protestaram, na manhã desta segunda-feira (28), em um ato unificado na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte.

A manifestação fechou o quarteirão da Rua Rio de Janeiro na data em que completa-se uma semana da paralisação do metrô — ainda sem sinal de resolução.

Segundo o Sindimetro/MG, sindicato que representa a categoria, trabalhadores cobram mudanças no acordo de cisão da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Os metroviários querem diálogo com o Governo Federal para evitar a demissão de 1.600 servidores após a já anunciada privatização da CBTU.

Segundo a Companhia, a paralisação do metrô prejudica 70 mil usuários do modal, todos os dias. 

Professores

Já os professores estão paralisados como forma de reivindicação pelo pagamento do piso salarial.

Está marcada para às 14h desta terça-feira (29) uma assembleia na porta da Prefeitura de BH para definir os rumos da greve da rede municipal.

Os servidores pedem negociação com o novo prefeito, Fuad Noman, para atender o pedido de reajuste do piso salarial em 33%, conforme determina a lei nacional.

Com Alexandre Kalil, que deixou o mandato na semana passada para concorrer ao Governo do Estado, a proposta de reajuste ficou em 11,77%.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais