Carregando...

Cidades

Imagem: Leo Fontes / 98 Live

MG atinge fase de maior controle da Covid-19 no ano e flexibiliza grandes eventos

A taxa de incidência, que mede a circulação do vírus na sociedade, caiu 23% nos últimos 14 dias, e é a oitava menor do país

Por João Henrique do Vale

O avanço da vacinação em Minas Gerais já mostra bons resultados. O estado atingiu a fase de maior controle da pandemia desde o início deste ano. A taxa de incidência, que mede a circulação do vírus na sociedade, caiu 23% nos últimos 14 dias, e é a oitava menor do país. Já a confirmação de Síndrome Respiratória Aguda Grave provocada por covid chegou a 58% na última semana, o menor número desde janeiro. Diante do cenário, a Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) flexibilizou os grandes eventos

Os dados foram divulgados, nesta quinta-feira, pelo Comitê Extraordinário Covid-19. De acordo com o grupo, a positividade, indicador que mede o número de pessoas com sintomas gripais que testam positivo para covid-19, está menor do que 30%, variando entre 26% e 28% nas últimas semanas. Em meses anteriores, essa taxa chegou a ficar próxima de 49%. 

A média de solicitações de internação em leitos de UTI Covid teve queda de 30,41%, e o tempo médio de espera por atendimento na última semana caiu de 22 para 15 horas. Atualmente, a ocupação de UTI Covid na rede pública é de 61% e 70 pessoas aguardam por um leito. A título de comparação, em 10 de junho, esse número era de 227 pacientes. 

Minas Consciente 

Diante da melhora, a macrorregião de Saúde Sudeste foi autorizada a passar para a onda verde do Minas Consciente. Já as regiões Norte e Sul passaram para a onda amarela. Assim, 12 das 15 localidades estão atualmente nas ondas mais flexíveis do plano, criado pelo governo estadual para promover a retomada segura e gradual da economia. Apenas três regiões se encontram em onda vermelha, mas nenhuma delas possui a classificação de Cenário Epidemiológico e Assistencial Desfavorável, o que inviabilizaria, por exemplo, a volta às aulas. 

Grandes eventos 

Um dos setores mais atingidos pela pandemia de Covid-19 foi o de eventos. Com a melhora da pandemia em Minas Gerais, o Comitê Extraordinário revisou as regras para grandes festividades. 

As principais alterações se referem ao distanciamento e à capacidade máxima de lotação dos espaços. O distanciamento padrão passa a ser 1,5 metros e a lotação vai variar de acordo com a fase em que as regiões estão inseridas. As mudanças passam a valer no dia 15 de agosto.

Regras mínimas

- Entrada do evento: aferição de temperatura, controle no fluxo de acesso e acesso com hora marcada;

- Distanciamento de 1,5 metros: a ser aplicado em filas, entre cadeiras/assentos e também no cálculo da capacidade;

- Apresentação de documento de imunização presumida: cartão de vacinação que comprove imunização completa superior ou igual a 15 dias OU PCR ou laudo médico com positividade para covid-19 (entre 15 e 90 dias).

*É obrigatório comunicar as regras aos participantes e facilitar a devolução do ingresso. 

Regras por onda 

Vermelha 

- Lotação máxima de 50 pessoas ou 10% da capacidade em ambientes fechados; 30% da capacidade em ambientes ao ar livre;

- Duração máxima de 5 horas;

- Horário permitido: entre 8h e 21h.

Amarela

- Lotação máxima de 300 pessoas ou 30% da capacidade em ambientes fechados; 600 pessoas ou 50% da capacidade em ambientes ao ar livre;

- Duração máxima de 6 horas;

- Horário permitido: entre 7h e 23h.

Verde

- Lotação máxima de 50% da capacidade em ambientes fechados; sem limite de lotação em ambientes ao ar livre;

- Duração máxima de 12 horas;

- Sem restrição de horário.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais