Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Minas tem aumento de 54% de gripe pelo vírus H3N2 em uma semana
Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Minas tem aumento de 54% de gripe pelo vírus H3N2 em uma semana

Dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Secretaria de Estado de Saúde


Por João Henrique do Vale

Os casos de gripe em Minas Gerais vêm aumentando neste final de ano. Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) mostram um avanço rápido do vírus Influenza A H3N2. Em menos de uma semana, os casos desta cepa tiveram alta de 54%. 

Até esta segunda-feira, foram 305 amostras identificadas do vírus H3N2 em Minas Gerais. Na última terça-feira, eram 197 casos confirmados. As análises foram feitas pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). Além desta cepa, foi identificado um caso de H1N1, e 13 de influenza A não subtipado. Nenhuma morte foi associada aos vírus. 

De acordo com a SES/MG, os pacientes infectados estão em 79 cidades mineiras. Além disso, há seis pessoas de outros estados. A maioria dos moradores mineiros são de cidades da Região Central, o que corresponde a 46,71%. 

Upas lotadas em BH

Os atendimentos de pessoas com quadro de síndrome gripal vêm lotando as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Belo Horizonte. Para diminuir a espera dos pacientes e atender a demanda, a prefeitura ampliou o horário de atendimento em unidades básicas de saúde. 

Nesta segunda-feira, os Centros de Saúde Francisco Gomes Barbosa/Tirol (Barreiro), Nossa Senhora Aparecida (Centro Sul), Vera Cruz (Leste), Cachoeirinha (Nordeste) e Califórnia (Noroeste), iniciam o atendimento com horário ampliado. Na terça-feira, é a vez do Centro de Saúde Vila Imperial (Oeste). 

Os Centros de Saúde Jardim Europa (Venda Nova) e Santa Terezinha (Pampulha) começaram o atendimento com horário ampliado no sábado. O funcionamento é das 7h às 22h30 durante a semana, e das 7h às 22h aos finais de semana e feriado.

Os atendimentos pediátricos nos Centros de Saúde com horário ampliado serão realizados de segunda a sexta, das 7h às 19h. Após este horário e nos finais de semana e feriados, os atendimentos pediátricos serão realizados nas UPAs. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais