Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. MPF vai investigar deslizamento que atingiu casarões históricos em Ouro Preto
Imagem: Reprodução / Redes sociais

MPF vai investigar deslizamento que atingiu casarões históricos em Ouro Preto

Parte do Morro da Forca desceu e atingiu dois imóveis que já tinham sido evacuados anteriormente. Ninguém ficou ferido


Por João Henrique do Vale

Um inquérito foi aberto pelo Ministério Público Federal (MPF) para investigar o deslizamento de terra que atingiu dois casarões históricos em Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais. Parte do Morro da Forca desceu, na manhã desta quinta-feira, e atingiu dois imóveis que já tinham sido evacuados anteriormente. Ninguém se feriu. 

A investigação foi aberta, pois os imóveis atingidos, datados do século 18, fazem parte do conjunto arquitetônico de Ouro Preto declarado patrimônio mundial pela Unesco em 1980. O órgão vai apurar as circunstâncias em que o fato se deu e pedir esclarecimentos dos órgãos envolvidos na tutela dos referidos bens quanto ao motivo do incidente, dimensão dos danos e seus efeitos.

“Em ofício ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o Ministério Público Federal solicitou que, após diligências no local, o órgão apresente suas conclusões sobre a extensão dos danos culturais, indicando a existência de outros imóveis em situação de risco na localidade, bem como as eventuais medidas a serem tomadas pela autarquia na defesa e preservação dos bens”, explicou o órgão. 

A Prefeitura também terá que esclarecer quais foram as razões do deslizamento da encosta e quais as tomadas para a prevenção dos danos. O MPF também quer saber se há risco de novos deslizamentos.


O deslizamento

Um deslizamento de terra atingiu dois imóveis,  na manhã desta quinta-feira (13), em Ouro Preto,  na Região Central de Minas Gerais. O local foi evacuado minutos antes pela Guarda Civil e a Defesa Civil

A ocorrência foi registrada na Praça Cesário Alvim, com Rua Diogo de Vasconcelos.  A terra do Morro da Forca, atingiu dois casarões históricos que pertencem à prefeitura. Lá,  funcionava um setor de Tecnologia da Informação. As informações preliminares indicam que não há vítimas. 

O local do deslizamento é bastante Um guarda municipal ouvido pela Rede 98,  que preferiu não se identificar, afirmou que os imóveis foram evacuadas minutos antes do deslizamento. 

“Recebi uma ligação mais cedo, 8h30. Um fiscal informou que havia um pouco de terra descendo e uma pedra de grande proporção com pequeno deslocamento. Viatura de área e a defesa civil avaliaram, e já pediram para fechar a via toda. Questão de 10 minutos desceu tudo.  Se não faz isolamento já tinha pego o pessoal. Graças a Deus foi crucial”, afirmou.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais