Carregando...

Cidades

Imagem: PBH/Divulgação

PBH cria comitê para discutir tarifa de ônibus e contratos com concessionárias

Decreto que institui o Comitê foi publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial do Município (DOM)

Por João Henrique do Vale

Os valores das tarifas do transporte público de Belo Horizonte serão discutidos por um comitê formado por integrantes do executivo,  da Câmara Municipal, representantes das empresas e da sociedade civil. O grupo foi instituído nesta quarta-feira (04) por meio de decreto da prefeitura. Os trabalhos têm previsão de término de 90 dias

O grupo será chamado de Comitê de Repactuação do Contrato dos Ônibus e Reformulação de Tarifas do Transporte Coletivo de Belo Horizonte.  Segundo a prefeitura, ele terá como objetivo “discutir a mobilidade urbana integrada e as alterações nos contratos de concessão dos serviços de transporte coletivo de passageiros com vistas à melhoria e atratividade do serviço para o cidadão, inclusive em matéria tarifária”.

Entre os assuntos a ser debatidos,  estão: a modelagem dos contratos vigentes de concessão do transporte coletivo por ônibus em Belo Horizonte; o conforto dos usuários e o tempo dos deslocamentos; as formas de incentivar o uso do transporte público em detrimento do transporte individual; as alterações possíveis nos contratos vigentes sem interrupção dos serviços; a redução de custos operacionais sem prejuízo da qualidade, visando à modicidade tarifária; e a viabilidade de incentivos financeiros que reduzam a tarifa e tornem o transporte público mais atrativo.

De acordo com a PBH,  o comitê poderá solicitar, com prazo por ele definido, aos órgãos e às entidades do Poder Executivo o fornecimento de informações, documentos, relatórios, dentre outros, para subsidiar o seu trabalho.


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais