Carregando...

Cidades

Imagem: Leo Fontes / 98 Live

PBH estuda transferir créditos de vale-transporte para a população; entenda

A antecipação da compra dos créditos, junto às empresas de ônibus, por causa da pandemia de Covid-19

Por João Henrique do Vale

A população de Belo Horizonte de alta vulnerabilidade pode receber créditos do vale-transporte na cidade. O valor, R$ 220 milhões, é uma devolução dos recursos antecipados pela prefeitura às empresas de ônibus por causa da pandemia de Covid-19. A proposta foi apresentada pela secretária de Assistência Social, Maíra Colares, durante reunião do Comitê de Repactuação do Contrato dos Ônibus e Reformulação de Tarifas do Transporte Coletivo

De acordo com o vereador Gabriel Azevedo (sem partido), que faz parte do grupo, os valores seriam repassados no ano que vem. “Discutimos o que será feito com os R$ 220 milhões que foram adiantados em vale-transporte na cidade. Chegou-se em uma conclusão coletiva de que esse valor pode se transformar em injeção de créditos na vida de 70 mil famílias que estão em extrema pobreza, de janeiro a dezembro do ano que vem”, afirmou. 

O parlamentar afirma que os créditos devem ser repassados em forma de meia passagem. “Sendo assim, você pode garantir uma circulação de cerca de 86 mil pessoas dessas famílias, e o valor que utilizaria em vale-transporte, em ônibus, poderia ser revertido em outras coisas, ajudando BH a sair desta crise”, finalizou. 

O que faz o Comitê

Criado pela Prefeitura de Belo Horizonte em 4 de agosto, o Comitê de Repactuação do Contrato dos Ônibus e Reformulação das Tarifas visa “discutir a mobilidade urbana integrada e as alterações nos contratos de concessão dos serviços de transporte coletivo de passageiros com vistas à melhoria e atratividade do serviço para o cidadão, inclusive em matéria tarifária”, do transporte público de BH.

O grupo conta com representantes das empresas e da sociedade civil. O grupo foi instituído nesta quarta-feira (04) por meio de decreto da prefeitura. Os trabalhos têm previsão de término de 90 dias

De acordo com a PBH,  o comitê poderá solicitar, com prazo por ele definido, aos órgãos e às entidades do Poder Executivo o fornecimento de informações, documentos, relatórios, dentre outros, para subsidiar o seu trabalho.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais