Carregando...

Cidades

Imagem: Reprodução / Google Street View

PBH libera e comércio da capital poderá funcionar sem restrição de horário

Definição foi divulgada pela administração municipal na tarde desta sexta-feira

Por João Henrique do Vale

O comércio de Belo Horizonte poderá funcionar sem restrição de horário. A autorização foi dada pela prefeitura na tarde desta sexta-feira. Os bares e restaurantes também poderão exibir eventos esportivos. A administração municipal também divulgou as novas regras a serem seguidas nas escolas e no ensino superior e técnico. 

As novas regras serão publicadas na edição deste sábado do Diário Oficial do Município (DOM) e já entram em vigor. Entre as novidades, está a autorização para bares e restaurantes exibirem jogos esportivos em televisores ou telões. O distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas e de 1 metro entre ocupantes na mesma mesa deve ser respeitado. Além de no máximo de seis pessoas por mesa e o consumo só para clientes sentados.

As academias também poderão funcionar aos domingos e as salas de cinema terão a possibilidade de receber um público de até 60% de sua capacidade – em vez dos atuais 50%.

Mudança nas aulas 

Com prometido pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD), as regras para as aulas presenciais das escolas (níveis infantil, fundamental, médio, superior e técnico) será alterada. A distância entre os estudantes poderá ser reduzida para 1 metro – em vez dos atuais 2 metros –, o que permitirá a ampliação da quantidade de estudantes ao mesmo tempo em sala de aula. Essa é uma exigência das escolas particulares. Na próxima segunda-feira, também está autorizado o retorno das aulas presenciais do ensino superior e técnico. 

De acordo com a prefeitura, as mudanças estão sendo possíveis graças ao avanço da vacinação na capital e o patamar favorável dos indicadores, em especial a ocupação de leitos nos hospitais. O último Boletim Epidemiológico e Assistencial publicado em 19 de agosto, o nível de alerta geral permanece estável no amarelo, com a taxa de transmissão em 1,02, a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid em 50,7% e de Enfermaria Covid em 38,9%.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais