Carregando...

Cidades

Imagem: Studio Formatura/Galois

PBH propõe projeto que prevê distribuição de absorventes a alunas

Proposição foi encaminhada para a Câmara Municipal para análise dos vereadores

Por Da redação

A Prefeitura de Belo Horizonte vai encaminhar, ainda nesta quinta-feira, à Câmara Municipal, um projeto de lei que cria o “Programa de Dignidade Menstrual”, voltado para distribuição de absorventes e orientação de cuidados básicos às alunas da rede municipal de ensino.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, serão beneficiadas mensalmente 40.840 estudantes. A adesão será voluntária.

Um dos objetivos da proposta é ainda evitar a evasão escolar, já que a estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU) revela que 10% das alunas deixam de ir às aulas no período menstrual, entre outras razões, pela falta de absorventes.

“A importância da escola no acolhimento de suas estudantes que estão no tempo menstrual, bem como o acesso ao banheiro e a produtos de higiene, é de suma relevância”, afirmou o prefeito Alexandre Kalil (PSD) na justificativa do projeto a ser encaminhado à Câmara. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais