Carregando...

Cidades

Imagem: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

PBH vai reduz intervalo entre aplicação da 2ª dose e reforço da vacina contra a Covid-19

Prefeitura informou que, a partir de agora, espaço de tempo entre as aplicações será de cinco meses

Por Victor Duarte

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) acabou de divulgar que vai reduzir o intervalo de aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19

A PBH informou que, conforme a deliberação da Comissão Intergestores Bipartite do Estado de Minas Gerais, o Executivo de BH reduziu para 5 meses o intervalo entre a aplicação da segunda dose e a dose de reforço do imunizante. 

A partir da próxima semana, será iniciada a aplicação da dose de reforço em idosos de 85 a 82 anos. Estão elegíveis para se vacinar aqueles em que a segunda dose tenha sido aplicada há pelo menos 5 meses

Os trabalhadores da saúde de 18 anos ou mais também serão novamente convocados para a dose de reforço, considerando que novos profissionais podem ter sido contratados para a área e, em muitos casos, ainda não completaram o prazo mínimo entre as aplicações. Para este público também é necessário ter pelo menos 5 meses da segunda dose. 

Haverá ainda ações de repescagem para alguns públicos vacinados com a Pfizer.

Confira o cronograma atualizado para a próxima semana: 

Dia 15/11, segunda-feira: não haverá vacinação;

Dia 16/11, terça-feira: dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 30 de novembro, cuja segunda dose tenha 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e documento que comprove ser trabalhador em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;

Dia 17/11, quarta-feira: dose de reforço dose para pessoas de 85 e 84 anos cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte;

Dia 18/11, quinta-feira: dose de reforço para pessoas de 83 e 82 anos cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte;

Dia 19/11, sexta-feira: - repescagem de dose de reforço para idosos cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte;

- Repescagem de dose adicional para pessoas com alto grau de imunossupressão a partir de 18 anos, cuja segunda dose tenha sido há pelo menos 28 dias. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF, comprovante de residência em Belo Horizonte, além de documento que comprove a condição de saúde;

- Repescagem de segunda dose para pessoas de 29, 26, 25, 24, 22, 21 e 20 anos vacinadas com a Pfizer. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.

Dia 20/11, sábado: não haverá vacinação.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais