Carregando...

Cidades

Imagem: João Henrique do Vale/Rede 98

Plantão Digital será ampliado em Minas com doação de equipamentos da Fiemg

Foram repassados ao Governo de Minas 30 monitores, 15 computadores, 15 microfones, 15 webcams, 15 caixas de som multimídia e 60 headsets

Por João Henrique do Vale

O atendimento da população mineira por meio do Plantão Digital será ampliado. A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) repassou, ao Governo do Estado, equipamentos e acessórios de informática para o projeto. Criado durante a pandemia, a ação evita deslocamentos de vítimas, testemunhas e policiais para outras cidades. Com a iniciativa, o processo de registro é agilizado e as investigações ganham reforço de policais. 

Foram repassados 30 monitores, 15 computadores, 15 microfones, 15 webcams, 15 caixas de som multimídia e 60 headsets. Esses equipamentos serão disponibilizados para o projeto Plantão Digital das cidades de Santa Luzia, Sabará, Nova Lima, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, na região metropolitana, e Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

O projeto já está disponível em 35 das 68 delegacias regionais do estado, além de três delegacias de comarcas. A intenção do Governo de Minas, é chegar a 50 delegacias até o final do ano. 

O presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, ressaltou que a segurança é importante para os moradores e também para a indústria. “O setor produtivo está à frente de diversas ações de melhoria do bem-estar da sociedade e a doação dos kits ao projeto Plantão Digital é uma delas. Para que o setor industrial seja próspero e competitivo, a segurança do local em que as indústrias operam, e de sua população, é essencial", comentou. 

Roscoe explicou que a primeira remessa de equipamentos doados pela FIEMG foi adquirida com recursos próprios e será usada para aparelhar as centrais do Plantão Digital. Logo em seguida, segundo ele, a FIEMG fará uma campanha junto a indústrias de todo o estado, no intuito de torná-las parceiras do projeto, de forma a garantir que o Plantão Digital alcance mais municípios mineiros, beneficiando mais cidadãos e mais empresas, com acesso a segurança pública mais ampla.

Agilidade e reforço nas investigações 

O chefe da Polícia Civil, delegado Joaquim Francisco Neto e Silva, ressaltou que a tecnologia está se mostrando importante para o avanço no estado. “O plantão digital é de suma importância, foi criado durante a pandemia e vem crescendo. Mostrou como a tecnologia pode ser usada no campo da segurança pública”, comentou. 

Silva explicou que antes do plantão digital, eram necessários 60 delegados e 100 escrivães de polícia para atender os moradores. Agora, esse número passou para 35 delegados e 70 escrivães. 

O delegado Thiago Rocha Ferreira, gerente do projeto Plantão Digital, afirma que as investigações ganham reforço com esses policiais que saíram do plantão. “Os delegados são distribuídos para delegacias de bairros que não tinham delegados”, afirmou. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais