Carregando...

Cidades

Imagem: Divulgação / Corpo de Bombeiros - MG

PM acredita que caminhão envolvido em acidente no Anel estava em má condição de uso

A roda do veículo soltou do automóvel enquanto o motorista fazia uma ultrapassagem pela esquerda

Por Victor Duarte

A Polícia Militar Rodoviária informou que o caminhão envolvido em um acidente que matou quatro pessoas no Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, nesta sexta-feira (19), tinha indícios de estar em mau estado de conservação. 

De acordo com o tenente André Muniz, da PM, o condutor do caminhão disse aos policiais que estava na faixa da esquerda para ultrapassar um ônibus, na altura do bairro Engenho Nogueira, quando o veículo perdeu uma das rodas. 

"Quando ele perdeu a roda, o veículo paralisou na terceira faixa do anel, a faixa da esquerda. Ele alega que voltou para o caminhão, sinalizou o local com o triângulo e alguns galhos de árvores e, quando entrou na cabine do veículo, sentiu a batida na traseira e ouviu o barulho", disse. 

O automóvel que atingiu o caminhão era uma mini van onde estavam as quatro vítimas fatais. Apesar de ter alegado que sinalizou a via, o motorista colocou o triângulo na carroceria do veículo. 

"Ele disse que um outro carro passou e danificou a base do triângulo, que é mais pesada. Por isso, ele teria colocado a sinalização na carroceria do caminhão", acrescentou. 

A perícia foi ao local para realizar os trabalhos de praxe e que as causas e as circunstâncias do acidente serão investigadas pela Polícia Civil. 

Segundo o Detran, o motorista do veículo já foi ouvido e liberado. O inquérito vai ser instaurado pela Delegacia de Acidente de Veículos. 

Acidente

A batida entre a van e o caminhão aconteceu na madrugada desta sexta-feira (19), na altura do bairro Engenho Nogueira. Testemunhas contaram que um caminhão, que carregava uma máquina, estava parada na faixa da esquerda quando acabou atingido na traseira pela van. 

No momento da batida, três pessoas morreram na hora, sendo o motorista e duas passageiras. Outra mulher morreu ao dar entrada no hospital. 

Cinco mulheres da mesma família que estavam na van foram socorridas para o Hospital João XXIII. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRV), os passageiros seguiam para o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. De lá, seguiriam viagem para Foz do Iguaçu. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais