Carregando...

Cidades

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Preço médio da gasolina sobe R$ 0,19 em uma semana em Minas

Os resultados foram divulgados nesta terça-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em Belo Horizonte, a alta foi R$ 0,24 no mesmo período

Por João Henrique do Vale

O preço dos combustíveis não para de subir em Minas Gerais. Levantamento divulgado nesta terça-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostra uma alta de R$ 0,19 no preço médio da gasolina na última semana. No mesmo período, o reajuste foi de R$ 0,24 nos postos pesquisados em Belo Horizonte. O último reajuste anunciado pela Petrobras aconteceu em 8 de outubro. 

A ANP pesquisou, entre 10 e 16 de outubro, 428 postos de combustíveis em Minas. O preço médio da gasolina no período ficou em R$ 6,58. O preço mínimo encontrado foi de R$ 6,21 e o máximo, R$ 7,71. O preço médio está mais alto do que na semana anterior, de 3 a 9 de outubro, quando o combustível estava com preço médio de R$ 6,39. 

Já o etanol hidratado apresentou uma leve queda no valor do litro no território mineiro. Entre 10 e 16 de outubro, o preço médio ficou em R$ 4,90, enquanto que na semana anterior estava em R$ 4,86. 

Em Belo Horizonte, o reajuste na gasolina foi ainda maior. Segundo o levantamento da ANP, entre 3 e 16 de outubro, o preço médio teve um aumento de R$ 0,24, saindo de R$ 6,23 para R$ 6,47. 

O preço médio do etanol também apresentou queda na capital mineira. Sal de R$ 4,78 entre 3 e 9 de outubro, para R$ 4,85 entre 10 e 16 deste mês. 

Brasil 

Minas está na contramão do registrado na maior parte do país. Os levantamentos feitos pela a ANP mostram que os preços médios do etanol hidratado subiram em 18 Estados e no Distrito Federal na semana entre 10 e 16 de outubro. Nos postos pesquisados, o preço médio do etanol subiu 0,92% na semana em relação à anterior, de R$ 4,77 para R$ 4,81 o litro.

De acordo com a ANP, a gasolina avançou com o preço médio do litro pulando de R$ 6,11 para R$ 6,32 de uma semana para outra, alta de 3,3%.

O preço mais alto da gasolina continua sendo registrado em Bagé, no Rio Grande do Sul, a R$ 7,49 o litro, e o mais baixo foi encontrado a R$ 5,29 em Cotia, São Paulo.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais