Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Prefeitura propõe queda de 20 centavos na tarifa de ônibus de BH
Imagem: Leo Fontes / Rede 98

Prefeitura propõe queda de 20 centavos na tarifa de ônibus de BH

Medida reduz passagem de R$ 4,50 para R$ 4,30, no ano que vem. Proposta foi apresentada pelo prefeito Alexandre Kalil, após reunião com empresários do setor.


Por João Henrique do Vale e Lucas Rage

O transporte coletivo por ônibus pode ficar mais barato em BH, em 2022. Proposta foi apresentada na tarde desta terça-feira (21) pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD), e reduz a passagem de R$ 4,50 para R$ 4,30, no ano que vem.

Redução chega após série de reuniões entre o chefe do Executivo e empresários das concessionárias de ônibus de BH. O maior impasse para o cálculo estava nos custos em torno da gratuidade de viagens oferecida a parte da população. Hoje, o quinto encontro entre as partes durou aproximadamente uma hora e meia e terminou em acordo.

"Felizmente a PBH chegou a um acordo a respeito do transporte público. A corda esticou e estourou. Eles pediram a reunião e os números eram assustadores. A fórmula paramétrica contrato levaria a tarifa para R$ 5,75... a de R$ 3,15, ia para R$ 4,10. Isso não é um número que tiramos aleatório, é contratual. E sempre briguei que não iríamos aceitar, porque não está bom. A população não pode pagar tarifa exorbitante. E gratuidade não pode ser pago pelo catracado" afirmou Kalil.

Segundo Kalil, essa gratuidade será arcada pela PBH. Por mês, o custo da gratuidade é de aproximadamente R$ 12 milhões mensais. A proposta segue agora para homologação na Justiça, que deve ser feita em janeiro. Em seguida, o projeto será avaliado na Câmara dos Vereadores. A previsão é que a redução ocorra em fevereiro se tiver aval dos parlamentares.

Modernização do serviço 

A redução na tarifa de ônibus de Belo Horizonte foi possível graças a promessa de modernização do transporte público da capital mineira. De acordo com o prefeito Alexandre Kalil, as reuniões com as empresas vão continuar para discutir desde a publicidade nos veículos, a até pistas e faixas exclusivas. 

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH), Raul Lycurgo, alegou que a modernização é uma das reivindicações das concessionárias. “(A proposta) Não atende ao pedido das empresas. Estamos dentro de um acordo. Esse acordo pressupõe que as partes cedam. Nós cedemos porque temos a promessa de, a curto prazo, ter modernização do contrato. Prestar o serviço com mais eficiência. Isso quer dizer cortar custos”, explicou. 

Segundo ele, uma das propostas é aumentar a velocidade máxima dos ônibus. “Temos vários penduricalhos que trazem danos ao sistema”, comentou. 

Como ficam as tarifas:

R$ 4,50 - R$ 4,30.

R$ 1,35 - para R$ 1,15

R$ 3,15 - congelada

R$ 1,00 - congelada

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais