Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Professores protestam contra Kalil com “bolaço” na Praça Sete
Imagem: Sind-Rede/Divulgação

Professores protestam contra Kalil com “bolaço” na Praça Sete

Servidores municipais que trabalham na Educação distribuíram bolo para ironizar o aniversário do prefeito e possível saída do mandato sem atender pedido da categoria


Por Déborah Lima

Os trabalhadores da educação municipal, que estão em greve desde o dia 16 de março, protestaram na tarde desta quinta-feira (24) na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte.

Organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de BH (Sind-REDE), os manifestantes distribuíram bolo para a população, pois afirmam que estão “comemorando os absurdos do Kalil”.

Este ano, a prefeitura ofereceu 11,77% de reajuste no salário dos servidores, mas a categoria não ficou satisfeita. Eles reivindicam o pagamento do piso salarial nacional, que foi reajustado em 33%.

Em tom de ironia, os grevistas cantaram “parabéns” ao prefeito, que comemora aniversário nesta sexta (25), justamente na data em que fará um pronunciamento. Há a expectativa de que ele anuncie a saída da prefeitura para concorrer ao governo do estado.

"Ele vai sair sem negociar com os professores. Este é o bolo que o Kalil está dando na Educação", afirmaram as lideranças em microfone na praça.

Em nota, a prefeitura diz que “respeita o direito à livre manifestação da categoria, mas lamenta que propostas que atendem a pleitos históricos tenham sido rejeitadas”.

O Executivo Municipal ainda acrescentou que “todas alternativas foram apresentadas à categoria e não há margem para gastos extras que comprometam a saúde fiscal do município''.


Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais