Carregando...

Cidades

Sem leitos e sem oxigênio, Coromandel e Monte Carmelo sofrem com a Covid-19

Neste fim de semana, cinco pacientes de Coromandel e quatro de Monte Carmelo foram transportados em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e dois helicópteros para Divinópolis

Por Fernando Motta

Foto: Prefeitura de Coromandel/Divulgação

Cinco pacientes de Coromandel e quatro de Monte Carmelo foram transferidos neste domingo (14) para Divinópolis. O transporte foi realizado por um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e dois helicópteros. A operação teve participação no Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). As duas cidades, que ficam na microrregião de Saúde Triângulo do Norte, têm registrado um aumento expressivo de casos nas últimas semanas.

Em Coromandel, desde o início de fevereiro, foram necessárias 34 transferências de pacientes para outros municípios. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostra a cidade com 924 casos da doença e 16 óbitos. Os dados do fim de semana, no entanto, ainda não foram contabilizados. De acordo com a secretaria de Saúde do município, somente nas últimas 24 horas, 11 pessoas morreram vítimas da doença.

Em Monte Carmelo, o prefeito Paulo Rocha (PSD) iniciou uma campanha pelas redes sociais para pedir doações de cilindros de oxigênio. Até agora, a município conseguiu 75 cilindros. O município tem 1634 casos da doença, com 22 mortes. Até agora, 407 pessoas foram vacinadas.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) disse estar ciente da situação e está agindo para que nenhum paciente fique sem assistência médica.

“Não mediremos esforços para que nenhum cidadão mineiro fique sem atendimento. Mas, peço, encarecidamente à população, que faça sua parte. A pandemia não acabou, portanto, as medidas preventivas devem ser seguidas e intensificados neste momento. Fiquem em casa e se cuidem ao máximo”, disse o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral.

Em relação a falta de oxigênio, o Governo de Minas Gerais, por meio de suas Secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Econômico, tem acompanhado e monitorado o consumo de oxigênio e outros insumos e suprimentos relacionados ao enfrentamento da covid-19 em todo o estado. 

A SES disse avalia ainda que as doações de cilindros de oxigênio para Monte Carmelo serão suficientes para equilibrar a situação de momento no município.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais