Carregando...

Cidades

Imagem: Divulgação / PBH

Transoeste volta operação de 27 linhas em BH; reunião vai discutir “colapso no transporte”

Nesta sexta-feira, os coletivos voltaram a circular na região do Barreiro, na capital mineira

Por João Henrique do Vale

As 27 linhas de ônibus da viação Transoeste voltaram a circular normalmente nesta sexta-feira, depois de ficaram um dia paradas. O retorno da operação foi acordado entre a prefeitura de Belo Horizonte e o Sindicato das Empresas do Transporte de Passageiros de BH (SetraBH). O prefeito Alexandre Kalil (PSD) negocia a liberação de R$ 4,3 milhões às concessionárias junto ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Uma reunião entre as partes está marcada para acontecer ainda nesta manhã. 

A proposta, apresentada pelo prefeito Alexandre Kalil às empresas, é de que sejam repassados R$ 4,3 milhões às concessionárias. Em entrevista coletiva, na tarde desta quinta-feira, Kalil afirmou que será liberado o Fundo Garantidor de Equilíbrio Econômico (FGE)

“Temos aqui o dinheiro retido do Setra, que é exatamente para momento de desequilíbrio. Isso é contratual. Estamos nos encaminhando para o MPMG, de verdade, para colocar, por questão de segurança e transparência, que o que se pretende fazer é o desbloqueio desse dinheiro do Setra para uma emergência. Não é da prefeitura, não pode ser usada pela prefeitura. É um caução que as próprias empresas colocam”, explicou.

Em nota, o Setra-BH afirmou que o retorno da operação foi possível graças a ajuda de outras empresas e consórcios da capital mineira a Transoeste. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais