Carregando...

Cidades

Imagem: Sisema / Divulgação

Vallourec é multada em R$ 288 milhões por danos ambientais em Nova Lima

Mineradora foi notificada pelo Governo de Minas após o transbordamento do dique de contenção de sedimentos da Mina Pau Branco, ocorrido no sábado

Por Lucas Rage

O Governo de Minas notificou, na segunda-feira (10), a mineradora Vallourec pelos danos ambientais causados após o transbordamento do dique de contenção de sedimentos da Mina Pau Branco, localizada em Nova Lima, na Grande BH

A empresa foi multada em R$ 288 milhões, ou 60,5 milhões de Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (UFEMGs). 

A Vallourec foi notificada ainda a suspender, imediatamente, as atividades relacionadas à Pilha Cachoeirinha e ao Dique Lisa, até que sejam apresentados documentos que garantam a estabilidade das estruturas. A empresa tem 20 dias para efetuar o pagamento da multa ou apresentar defesa aos órgãos ambientais do Estado.

De acordo com o Auto de Infração 289702/2022, a mineradora francesa foi autuada por “causar intervenção de qualquer natureza que resulte em poluição, degradação ou dano aos recursos hídricos, às espécies vegetais e animais, aos ecossistemas e habitats ou ao patrimônio natural ou cultural, ou que prejudique a saúde, a segurança e o bem-estar da população”

Entre os impactos ambientais visíveis e imediatos, estão a degradação da paisagem e fragmentação de habitats, poluição de corpos hídricos, com o aumento dos sólidos em suspensão, além da potencial mortandade de peixes e supressão e degradação de habitats aquáticos e ripários.

O documento constata ainda impactos ambientais em duas unidades de conservação situadas no entorno do local onde o transbordamento ocorreu. São elas a Área de Proteção Ambiental Estadual Sul da Região Metropolitana de Belo Horizonte (APA Sul RMBH) e o Monumento Natural Municipal Serra da Calçada, em Nova Lima. A extensão dos danos ainda está sendo avaliada pelos órgãos que integram o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) e novas autuações poderão ser lavradas em desfavor da empresa.


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais