Carregando...

Cidades

Zema cobra vacinação nos finais de semana em Minas Gerais

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, governador cobrou mais agilidade na vacinação nos municípios mineiros

Por João Henrique do Vale

A ordem em Minas Gerais é vacinar o mais rápido possível. O governador Romeu Zema (Novo) afirmou, na manhã desta quinta-feira, em entrevista coletiva, que cidades que tiverem mais agilidade no processo de imunização contra a Covid-19 vão receber mais doses, sendo utilizado a reserva técnica de 5%. Além disso, cobrou a aplicação de doses nos finais de semana em todas as cidades mineiras. 

De acordo com o governador, medidas estão sendo estudadas junto como o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e da Associação Mineira de Municípios (AMM), para agilizar a vacinação. Ele ressaltou que algumas cidades estão com o processo mais ágil do que outras. “Em algumas prefeituras o processo está mais ágil e outras temos a formação de estoque. Essas com o processo mais ágil, vão receber a reserva técnica. Ou seja, quem estiver mais ágil vai receber um pouco mais de vacina”, explicou o governador. 

Na tentativa de aplicar mais doses, ele solicitou que a vacinação não seja interrompida. “Temos solicitado que o processo não seja interrompido, mesmo sábado e domingo. Sabemos que os profissionais estão exaustos. Mas temos muita fila”, disse. 

Uma das cidades que paralisaram a vacinação no fim de semana foi Belo Horizonte. A prefeitura alegou que a pausa foi para dar descanso aos profissionais de saúde. O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vai apurar o caso e cobrar mais informações da administração municipal sobre o caso.  

Mais vacinas

O governador Romeu Zema deu uma boa notícia sobre os imunizantes. Mais uma carga de vacinas chegará ainda nesta quinta-feira em Belo Horizonte. Zema garantiu que até esta sexta-feira as 28 Regionais de Saúde vão receber as doses.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais