Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Zema vai a local onde será instalada fábrica da Heineken e destaca criação de empregos
Imagem: Reprodução / Youtube

Zema vai a local onde será instalada fábrica da Heineken e destaca criação de empregos

A previsão é de que a nova planta seja implantada em um investimento de R$ 1,8 bilhão


Por João Henrique do Vale

O governador Romeu Zema (Novo) visitou, nesta quarta-feira, o terreno onde a fábrica da cervejaria Heineken será instalada em Passos, na Região Sul de Minas Gerais. A previsão é de que a nova planta seja implantada em um investimento de R$ 1,8 bilhão, com a criação de 350 empregos diretos no município. O chefe do executivo estadual ressaltou que com a chegada da empresa, outras devem ir para o município. 

Após visitar o terreno, Zema comemorou a chegada da Heineken e destacou os avanços no estado para atrair os investimentos. “É um momento lindo e que causa emoção. Isso coroa um fruto de trabalho que iniciamos há três anos e quatro meses. Tenho certeza que o Mauricio não quer investir ao a bandidagem persiste e não tem segurança. Certeza que não quer investir em um estado que não tem mão de obra. O que nós fizemos nestes três anos e quatro meses à frente de Minas é avançar na construção do ambiente propício a atração de novos investimentos”, comentou. 

Segundo o governador, serão vários benefícios para a cidade e para Minas Gerais a implantação da empresa. “Sem dúvida nenhuma o primeiro benefício é a geração de emprego. Pessoa que não tem renda vai passar a ter renda. A prefeitura terá uma fonte de arrecadação, pois é uma empresa que agrada muito valor na produção. Tanto o Estado, quanto a cidade, vai ter maior arrecadação de ICMS. Normalmente quando tem cervejaria tem fornecedores para manutenção de equipamentos, matéria prima, jardinagem, alimentação, entre outros. E quando trás uma empresa de garrafa você trás tudo isso de novo”, explicou. 

O procurador-geral da Justiça, Jarbas Soares Júnior, destacou o compromisso da cervejaria em cumprir todas as normas ambientais no estado. “A Heineken é de renome mundial que tem uma preocupação imensa com o meio ambiente. Então, o que precisamos ter é um chão limpo para sentar e discutir e buscar os melhores caminhos. O MPMG enxerga além das questões jurídicas. Não seria o MPMG o óbice para a Heineken. Então, a empresa chega segura, com segurança jurídica para desenvolver. Passos merece, é importante para Minas Gerais”, disse. 

Imbróglio resolvido 

Em dezembro de 2020, a Heineken havia anunciado a construção da planta em Pedro Leopoldo, na Grande BH. A companhia, entretanto, recuou da decisão após críticas de ambientalistas, que colocaram embargos à obra. O motivo: o local escolhido ameaçava a área onde foi encontrado o fóssil humano mais antigos da Américas, conhecido como “Luzia”.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais