Economia

  1. Notícias
  2. Economia
  3. Dia dos Namorados: pesquisa aponta que tíquete médio para a data será de R$ 200
Imagem: CNDL

Dia dos Namorados: pesquisa aponta que tíquete médio para a data será de R$ 200

Levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte diz que mais da metade dos namorados deve presentear no dia 12 de junho


Por Déborah Lima

Os casais de namorados de Belo Horizonte estão dispostos a presentear em 12 de junho, data em que é comemorado o Dia dos Namorados.

Um levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), realizado entre os dias 9 e 23 de maio, aponta que 53% dos namorados devem presentear neste dia.   

Os namorados devem investir, em média, R$ 200 nos presentes, sendo que a maioria (94,6%) deve comprar apenas um item. O valor é 42% maior que o observado em 2021, quando o tíquete médio foi de R$ 140,87.  

“Com a retomada dos compromissos sociais, o comércio vem sendo aquecido nas datas comemorativas. Prova disso é uma previsão mais positiva que a do último ano, quando ainda enfrentávamos um cenário pandêmico mais delicado. As pessoas querem recuperar o tempo perdido e celebrar todas as datas. Felizmente, isso reflete positivamente no comércio”, avalia o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.  

Roupas e calçados lideram a intenção de compras 

Segundo a pesquisa, os itens de maior procura para a data comemorativa serão roupas (36,9%) e calçados (17,7%). Em seguida aparecem:  

  • Cosméticos – 13,1% 
  • Acessórios – 7,7% 
  • Bombons – 6,2% 
  • Flores – 5,4% 
  • Bebidas e livros – 1,5% (cada)
  • Outros - 10,1% (Material esportivo (0,8%), Cesta de presentes (0,8%), Bolsa/malas/mochilas (0,8%), Não sabem (7,7%) 

Ao serem questionadas sobre qual item devem priorizar na compra, as mulheres disseram que roupas (65%) e calçados (35%) devem liderar a lista.

Já os homens, afirmam que preferem presentear com chocolates (50%), acessórios (33,3%) e flores (16,7%). Para comprar esses presentes, as mulheres devem desembolsar, em média, R$ 175 e os homens, R$ 143,33.  

Gasto médio

Dentre os namorados que irão comemorar a data, o gasto médio deverá ser de R$233. Segundo os entrevistados, as celebrações devem ser: 

  • Jantar em restaurante: 34% 
  • Almoço em casa: 29% 
  • Cinema/Teatro: 13% 
  • Almoço em restaurante: 12% 
  • Motel: 5% 
  • Hotel/Pousada: 2% 
  • Lanchar fora: 2% 
  • Viagem: 2% 

Lojistas animados 

Em pesquisa realizada com os comerciantes da capital, entre 25 de abril e 13 de maio, a CDL/BH constatou que 72% dos lojistas estão animados com as vendas do Dia dos Namorados, sendo que 68% acreditam que será melhor e 4%, muito melhor. 

Para atender a demanda, 58% irão reforçar o estoque e investir na divulgação dos produtos e ações.  

“Nossa recomendação é que os empresários adotem um planejamento estratégico focado em atrair novos clientes e ações para fidelizá-los. O ideal é que os lojistas invistam na divulgação de seus produtos, promoções e benefícios. Isso vai contribuir para que os obstáculos do cenário econômico desfavorável sejam superados”, finaliza Marcelo de Souza e Silva.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais