Economia

  1. Notícias
  2. Economia
  3. Pagamento de 13º aos servidores de BH injeta R$ 170 milhões na economia
Imagem: Leo Fontes/Rede 98

Pagamento de 13º aos servidores de BH injeta R$ 170 milhões na economia

Primeira parcela paga ao funcionalismo municipal pode reduzir inadimplência e alavancar vendas do Dia dos Pais


Por Déborah Lima

A economia em Belo Horizonte deve se movimentar nos próximos dias. A expectativa é da Câmara de Dirigentes Lojistas de BH (CDL/BH) após o pagamento da primeira parcela do 13° salário ao funcionalismo público municipal, incluindo aposentados e pensionistas.

A entidade espera que o dinheiro possa ajudar a minimizar a inadimplência na capital que, no mês de maio, registrou avanço de 0,44% em comparação a abril. Além disso, os mais de R$ 170 milhões injetados na economia da cidade podem alavancar as vendas do comércio às vésperas do Dia dos Pais.

“Para os que estão no cadastro de negativados, o aconselhável é utilizar o recurso para quitar as dívidas e recuperar o crédito para o segundo semestre, que terá outras datas importantes, como Dia das Crianças, Black Friday e Natal, recomenda Marcelo de Souza e Silva, presidente da CDL/BH.

“Aqueles que estão com as contas em dia, o mais indicado é utilizar a quantia para realizar compras à vista, como na aquisição dos presentes de Dia dos Pais, ou reservá-la para as próximas datas comemorativas e evitar endividamentos futuros”, acrescentou.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais