Carregando...

Educação

Aulas podem voltar em outubro seguindo programa Minas Consciente; veja as datas

Protocolos, que serão divulgados na semana que vem, são adequados às ondas do programa; prefeituras poderão decidir pela volta ou não das aulas, bem como os pais não serão obrigadas a enviar seus filhos às escolas

Por Fernando Motta e João Henrique do Vale

O Governo de Minas anunciou nesta quarta-feira (23) a retomada gradual das aulas presenciais em outubro. Protocolos, que serão divulgados na semana que vem, são adequados às ondas do programa Minas Consicente.

No dia 5 de outubro, as escolas particulares já poderão retornar, desde que o município esteja na onda Verde do Minas Consciente. Neste mesmo dia, as escolas públicas poderão ser abertas para que os diretores deem início ao planejamento de volta às aulas. A retomada nessas instituições terá início pelos alunos do 3º ano do ensino médio, no dia 19 de outubro - desde que município esteja na onda Verde - seguindo gradualmente para os anos inferiores.

Os municípios que estiverem na onda Verde poderão retomar aulas do ensino infantil, fundamental e médio; municípios na onda Amarela podem ter aulas de Educação Superior e Cursos Livres.

Confira as datas:

Ensino superior - podem retomar a partir da próxima semana, a partir da divulgação dos protocolos, desde que município esteja pelo menos na onda Amarela.

Escolas particulares - podem retomar a partir da próxima semana, a partir da divulgação dos protocolos, desde que município esteja na onda Verde.

Escolas municipais - desde que esteja na onda Verde, cabe à prefeitura do município decidir a data.

Estaduais - desde que município esteja na onda Verde, a retomada nessas instituições terá início pelos alunos do 3º ano do ensino médio, no dia 19 de outubro - seguindo gradualmente para os anos inferiores.

Veja como estão as ondas, por região, do programa Minas Consciente:

Autonomia dos municípios e pais

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (23), o Secretário de Saúde Carlos Eduardo Amaral disse que o governo irá respeitar a autonomia dos municípios e das famílias. As prefeituras poderão decidir pela volta ou não das aulas, bem como os pais não serão obrigadas a enviar seus filhos às escolas.

As aulas remotas serão mantidas para os alunos que não forem aos encontros presenciais.

Caso o município esteja na onda Verde e retorne à onda Amarela enquanto as escolas estiverem abertas, caberá ao município decidir sobre a manutenção ou interrupção das aulas presenciais. As regiões que estiverem na onda Vermelha, terão obrigatoriamente que suspender atividades nas escolas.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais