Carregando...

Educação

Mais um passo para retorno: escolas de MG recebem verba para aulas presenciais

Recurso será utilizado para adequações do novo protocolo sanitário

Por João Henrique do Vale

As escolas estaduais de Minas Gerais vão receber R$ 32 milhões para se adequarem ao novo protocolo sanitário para o retorno das aulas presenciais. Os recursos, que serão repassados pela Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), representam a primeira e a segunda parcelas para manutenção e custeio do ano escolar. A verba poderá ser usada para as unidades escolares finalizarem a compra dos itens necessários para cumprir o protocolo sanitário para o início da retomada gradual e híbrida das aulas presenciais, assim que houver autorização judicial.

Como a primeira etapa de ensino híbrido prevê o retorno dos alunos dos anos iniciais do ano fundamental, do 1° ao 5° ano, a atualização começará pelas escolas que oferecem essa etapa de ensino. 

O ensino híbrido em qualquer unidade da rede estadual só ocorrerá após o cumprimento do checklist, com autorização judicial e em consonância com a prefeitura da cidade onde está localizada a escola.

Os gestores escolares já estão autorizados a utilizar os recursos de manutenção e custeio para compra de equipamentos de proteção individual e itens de higienização desde maio de 2020. As unidades escolares que ainda assim apontarem a necessidade de liberação de recursos adicionais poderão solicitar um complemento de repasse junto à secretaria.

Visita às escolas 

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) vão poder fazer visita às escolas para verificar as medidas tomadas pelas instituições de ensino para evitar a disseminação de Covid-19. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais