Educação

  1. Notícias
  2. Educação
  3. Pais protestam pela volta às aulas em BH
Imagem: Reprodução

Pais protestam pela volta às aulas em BH

Ato acontece em frente à Prefeitura, e acontece após adiamento do ensino presencial de crianças na capital


Por Lucas Rage

"Escolas não podem fechar", a frase com os dizeres estampa a porta da Prefeitura de Belo Horizonte, onde pais e alunos da rede pública e privada de ensino pedem a volta às aulas na capital.

Movimento acontece após decisão do Prefeito Alexandre Kalil de adiar a volta às aulas para 14 de fevereiro, e conta com a participação de grupos como o Pais pela Educação PúblicoJuntos pela Educação e Guardiões da Juventude.

Movimento tenta reverter decisão junto a órgãos como a Defensoria Pública e o Ministério Público de Minas Gerais. Para os pais, decisão de Kalil de fechar escolas, em detrimento de outras atividades da capital, é arbitrária.

Mães se pronunciam

Para a médica otorrinolaringologista e mãe de 2, Fernanda Correia, os danos da paralisação podem ser irreparáveis para os alunos. "Essas crianças não serão adultos como nós fomos", diz.

"Não são só 15 dias, são mais 15 dias", afirma a médica psiquiatra Alice Garcia, também mãe de 2. "Nós não vamos aceitar isso calados, Kalil, você mentiu", completa.

"Que lugar a educação tem no seu governo, prefeito?", questiona a professora Pauline Moysés, uma das organizadoras do movimento. "Sou professora e o meu lugar é na sala de aula, com meus alunos", completou.




Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais