Educação

  1. Notícias
  2. Educação
  3. Professores municipais de BH cruzam os braços nesta quinta
Imagem: PBH / Divulgação

Professores municipais de BH cruzam os braços nesta quinta

Categoria pede melhoria nas condições de trabalho durante a pandemia da Covid-19


Por Carol Torres e Lucas Rage

Os profissionais das escolas municipais de Belo Horizonte realizam, hoje, dia do servidor público, uma paralisação total das atividades. Na parte da tarde, está prevista uma assembleia e um ato dos trabalhadores da Rede Municipal na porta da Prefeitura de Belo Horizonte, para protestar contra a precarização das condições de trabalho na pandemia.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (Sind-REDE), a assembleia vai acontecer na Praça Afonso Arinos, às 13h, e será a primeira assembleia presencial dos trabalhadores concursados de 2021. “Essa é uma importante retomada para a categoria, diante de todos os ataques que tem sofrido ao longo dos últimos dois anos”, afirmou o sindicato. 

Às 14h30, acontecerá o ato na porta da prefeitura e, em seguida, às 15h30, os trabalhadores em educação se unem ao ato unificado contra a reforma administrativa do governo Bolsonaro (PEC 32) e o projeto de ajuste fiscal de Zema, na Assembleia Legislativa.

Escolas continuam abertas

A Secretaria Municipal de Educação informou, por meio de nota, que as escolas funcionarão normalmente nesta quinta-feira (28), conforme previsto no calendário escolar. 

"A decisão de adesão à paralisação ou manifestação é de cada servidor, mas o atendimento aos estudantes será mantido", diz a nota.

A volta às aulas da Rede Municipal de ensino foi iniciada em 26 de abril, para a Educação Infantil. Para o Ensino Fundamental, a retomada aconteceu a partir de junho. Já a Educação de Jovens Adultos (EJA) voltou às salas de aula no dia 18 de outubro.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais