Carregando...

Educação

A reunião entre a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DPMG) e a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) sobre a volta às aulas na rede municipal de ensino da capital mineira terminou sem acordo. O primeiro encontro aconteceu na segunda-feira (7) e buscava uma solução extrajudicial para o impasse da falta de aulas, principalmente na rede pública. Um novo encontro ficou agendado para a próxima segunda-feira (14)

No dia 21 de maio, a Defensoria Pública ajuizou uma ação civil pública cobrando do município de Belo Horizonte a implementação de um sistema de aulas remotas online ou híbridas na rede municipal de ensino, caso não seja possível o retorno das aulas presenciais de forma segura. A ação requer também a apresentação de um programa de inclusão digital para alunos e professores. 

De acordo com a Defensoria, o objetivo é minimizar o prejuízo escolar dos alunos da rede pública municipal, que estão sem plano efetivo de aulas desde março de 2020, o que agrava a desigualdade em relação à rede privada de ensino.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais