Internacional

  1. Notícias
  2. Internacional
  3. Após ataques, Rússia se diz disposta ao diálogo com a Ucrânia
Imagem: @cerddiv / Tiktok / Divulgação

Após ataques, Rússia se diz disposta ao diálogo com a Ucrânia

Kremlin concordou em enviar delegação à Minsk para conversa com o presidente Volodymyr Zelensky


Por Estadão Conteúdo

A Rússia está disposta a abrir o diálogo com autoridades ucranianas. Decisão foi comunicada pelo Kremlin, após o segundo dia de ataques militares a regiões nos arredores da capital da Ucrânia, Kiev.

A proposta de diálogo acontece após apelo por parte do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. Segundo autoridades russas, Moscou estaria disposta a enviar uma delegação à capital de Belarus, Minsk. O grupo incluiria funcionários da defesa e dos ministérios das Relações Exteriores russo, bem como integrantes do gabinete presidencial.

Em uma declaração em vídeo nesta sexta-feira, Zelensky pediu ao presidente russo, Putin, que se reunisse para conversas. "Gostaria de me dirigir ao presidente da Federação Russa mais uma vez. A luta está acontecendo em toda a Ucrânia. Vamos sentar à mesa de negociações para impedir a morte de pessoas", disse ele em russo em um vídeo publicado em seu canal no Telegram. 


Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais