Internacional

  1. Notícias
  2. Internacional
  3. Homem procurado por ataque ao metrô em Nova York foi preso, dizem autoridades
Imagem: Reprodução

Homem procurado por ataque ao metrô em Nova York foi preso, dizem autoridades

Frank James, de 62 anos, foi detido no bairro de East Village, em Manhattan


Por Estadão Conteúdo

Um homem que postou vários vídeos nas redes sociais denunciando os Estados Unidos como um lugar racista inundado de violência e contando sua luta contra a doença mental foi preso na tarde desta quarta-feira, 13, um dia após um ataque a um trem do metrô no Brooklyn deixar 10 pessoas feridas por tiros.

Frank James, de 62 anos, foi detido no bairro de East Village, em Manhattan, disseram policiais que não estavam autorizados a discutir a investigação e falaram sob condição de anonimato à agência Associated Press.

A polícia havia dito inicialmente, na terça-feira, que James estava sendo procurado para interrogatório porque ele havia alugado uma van possivelmente ligada ao ataque, mas não havia certeza se ele era o responsável pelos disparos.

O prefeito Eric Adams disse em uma série de entrevistas à mídia na manhã desta quarta-feira que os investigadores passaram a tratar James como suspeito, mas não ofereceram detalhes.

O atirador atirou granadas de fumaça em um vagão do metrô lotado e, em seguida, disparou pelo menos 33 tiros com uma pistola 9 mm, disse a polícia. Cinco vítimas de tiros estavam em estado crítico, mas todos os 10 feridos deveriam sobreviver.

Pelo menos uma dúzia de outros que escaparam de ferimentos a bala foram tratados por inalação de fumaça e outros ferimentos. O atirador fugiu no caos, mas deixou para trás inúmeras pistas, incluindo a arma, carregadores de munição, um machado, granadas de fumaça, gasolina e a chave de uma van U-Haul.

Essa chave levou os investigadores a James, um morador recém-chegado a Nova York, que tinha endereços mais recentes na Filadélfia e Wisconsin.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais