Carregando...

Mercado Automotivo

Imagem: Ferrari/Divulgação

Tradição quebrada: Ferrari lança seu primeiro modelo híbrido plug-in

O 296 GTB não substitui nenhum modelo da linha, mas introduziu um novo segmento na oferta da empresa

Por Marcello Oliveira

O que era impensável alguns anos atrás para um marca tão tradicional como a Ferrari, enfim aconteceu, mas isso está longe de ser algo negativo. Em resposta ao McLaren Artura , a Ferrari está incorporando à sua linha o 296 GTB , uma berlinetta, ou cupê, de dois lugares com motor central. A apresentação oficial aconteceu nesta quinta-feira (24). A 296 é, na verdade, um F8 Tributo ligeiramente mais compacto com um design novo. Embora longe de ser revolucionário no design frontal, o 296 GTB é um modelo mais pacato, mas que nem por isso deixar de ser um autêntico representante e digno do emblema da Ferrari. A marca explica que o 296 GTB não substitui nenhum modelo da linha, mas introduziu um novo segmento na oferta da empresa. Só pelo trem de força, o 296 GTB deverá concorrer com o recém-anundciado McLaren Artura.

O primeiro híbrido plug-in com tração traseira da Ferrari combina o V6 com um motor elétrico para uma potência total de 830 cv. De acordo com a marca. o motor híbrido envia toda essa energia para as rodas traseiras por meio de uma transmissão de dupla embreagem, de oito marchas. Apenas no modo elétrico é possível rodar 25 km.

O cupê superesportivo precisa de apenas 2,9 segundos para atingir 100 km/h e apenas 7,3 segundos para chegar a 200 km/h. A velocidade máxima é de 330 km/h.


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais