Carregando...

Mundo

Imagem: Reprodução / Vale

Seis trabalhadores da Vale seguem presos em mina no Canadá

Segundo informou a empresa, 39 que estavam a cerca de mil metros de profundidade, não conseguiram sair do local

Por Agência Brasil

Ao menos 33 dos 39 trabalhadores que ficaram presos em uma mina da cidade de Sudbury, em Ontário, no Canadá, já tinham sido resgatados até o meio-dia desta terça-feira (28). Segundo a empresa brasileira Vale, exploradora da mina Totten, a expectativa é que os seis profissionais restantes sejam resgatados ainda hoje.

Em nota, a Vale informou que os funcionários já resgatados passam bem. Ainda de acordo com a empresa, seus funcionários ficaram presos no interior da mina subterrânea na manhã deste domingo (26), quando uma pá escavadeira atingiu o elevador que levaria os trabalhadores à superfície, o que impediu o uso do equipamento.

Segundo a mineradora, enquanto as condições no eixo eram avaliadas, os empregados se dirigiram às estações subterrâneas de refúgio, onde acessaram as escadas secundárias que usaram para chegar à superfície, com a ajuda de equipes de resgate.

Esta manhã, o United Steelworkers, sindicato que representa parte dos mineiros, informou que nenhum dos 39 trabalhadores se feriu e que parte deles já está voltando para casa.

Nos primeiros seis meses de 2021, a mina de Totten produziu 3.600 toneladas de níquel. A produção na mina está temporariamente suspensa e a Vale avalia as medidas necessárias para retomada dos trabalhos.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais