Nacional

  1. Notícias
  2. Nacional
  3. Covid-19: Brasil faz acordo para a compra de 100 mi de doses da vacina da Pfizer
Imagem: Ministério da Saúde / Divulgação

Covid-19: Brasil faz acordo para a compra de 100 mi de doses da vacina da Pfizer

O acordo foi celebrado nesta segunda-feira entre o Ministério da Saúde e os laboratórios Pfizer e Biontech


Por João Henrique do Vale

O Ministério da Saúde firmou um acordo para a compra de 100 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19. Os imunizantes, desta nova aquisição, começam a ser entregues no início de 2022. A assinatura do contrato foi feita pelo ministro Marcelo Queiroga e representantes das empresas Pfizer e Biontech, nesta segunda-feira. 

De acordo com as empresas, o Governo Brasileiro terá a opção de aumentar o número de doses previstas para serem entregues ao país em até 50 milhões de vacinas adicionais, elevando o número total de doses potenciais para 150 milhões de doses em 2022. 

Segundo o Ministério da Saúde, a expectativa é que 20 milhões de doses sejam entregues até março. O contrato prevê mais 25 milhões até junho, outras 35 milhões até setembro e 19,9 milhões no último trimestre de 2022. “No total, nós vamos disponibilizar aos brasileiros cerca de 354 milhões de doses no próximo ano. Isso porque, além da Pfizer, 2022 contará com mais 120 milhões de doses da AstraZeneca e outras 134 milhões de contratos atuais, que ficarão de saldo para o próximo ano”, informou a pasta. 

Marcelo Queiroga comemorou o novo contrato firmado pelo Governo Federal. “Todas as vacinas foram adquiridas pelo governo federal e só tem um dono: o povo do Brasil. Hoje trago para vocês uma palavra de esperança e de compromisso com o SUS, para podermos construir a sociedade que nosso país deseja”, disse. 

Recentemente, a Pfizer e a BioNTech anunciaram a assinatura de uma carta de intenção com a farmacêutica brasileira Eurofarma para a produção local da vacina e distribuição na América Latina.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais