Nacional

  1. Notícias
  2. Nacional
  3. Vacina da COVID em crianças: SP vai iniciar aplicação em grupo de 3 e 4 anos
Imagem: Adão de Souza/PBH

Vacina da COVID em crianças: SP vai iniciar aplicação em grupo de 3 e 4 anos

Início será para público com deficiência física, mental ou sensorial permanente e comorbidades


Por Agência Estado

A cidade de São Paulo começa nesta quarta-feira, 20, a vacinação contra a COVID-19 de crianças entre 3 e 4 que tenham deficiência física, mental ou sensorial permanente e comorbidades. A imunização será feita com a Coronovac, o único imunizante liberado para esta faixa etária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O público elegível na capital, sem considerar apenas quem tem comorbidade ou deficiência permanente, é de 55 mil com 3 anos, e 158 mil com 4 anos. Após a aprovação da Coronavac pela Anvisa na semana passada, o Ministério da Saúde orientou que Estados e municípios usem seus estoques, mas nem todos tinham reservas do imunizante para iniciar esta nova faixa da campanha.

Parte das capitais – como Rio, Salvador e Distrito Federal – já liberou o início dessa etapa, já outras – como São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre – ainda não haviam definido cronograma. Nem todas as cidades, porém, têm estoque suficiente para a 1ª e a 2ª aplicação, que deve ocorrer após 28 dias. O Ministério da Saúde disse que está providenciando mais doses, mas não divugou previsões de entrega dos novos lotes.

Até agora, podiam se vacinar somente crianças entre 5 e 11 anos. Nesta faixa etária, segundo a secretaria, a cobertura está em 72,9% com as duas dose.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais