Carregando...

Opinião

Imagem: Getty Images / iStock Photo

Uma ideia para aumentar impostos: SUS para pets

Proposta defendida no Congresso Nacional pode parecer boa, mas vai pesar no bolso do pagador de imposto (donos de pet ou não)

Notícias

Antônio Claret Jr.

Advogado e Vice-Presidente do Instituto Liberal


Nesta semana, me deparei com uma notícia curiosa em um primeiro momento, mas revoltante após análise: o SUS para animais de estimação. Um determinado parlamentar do PT propôs, em nível nacional, a criação de um SUS animal. Segundo o parlamentar, seria o Sistema Único de Saúde Animal (SUSA). A proposta prevê financiamento tripartite (União, Estados e municípios) para viabilizar o atendimento veterinário público em todo o país baseado nas normas do SUS. Em outras palavras, atendimento médico veterinário e alguns medicamentos gratuitos em todo o país. 

O grande problema, é que não existe almoço grátis, como repetia o economista Milton Friedman. Se de um lado, o SUS não é eficiente, deixando claro que o sistema não funciona bem no Brasil — além de precisar, cada vez mais, de maiores investimentos — de outro lado, o brasileiro não aguenta mais altos impostos, beirando 50% de carga tributária. É importante compreender que o custo desse SUSA seria o dinheiro do pagador de impostos. Ou seja, ou recursos seriam tirados de outras áreas, podendo até mesmo ser o SUS humano, ou teríamos aumento de impostos. Como pode alguém defender isso?

Animais não pagam impostos. Assim, teríamos mais “seres” com direitos, mas sem deveres. Resultado: o pobre cidadão bancaria mais essa conta que seria positivo apenas para políticos cujas bandeiras são os pets, pois teriam mais votos, e os donos de pet, que poderiam economizar já que quem não tem pet pagaria a conta. 

E nem me venham dizer que se paga muito imposto com o mercado pet pois estes valores são pagos pelo cidadão que escolheu manter um pet e os valores arrecadados já estão comprometidos com despesas do estado, inclusive o SUS humano.

Nessas horas, me recordo do conservador G.K.Chesterton: "Onde quer que haja adoração a animais, ali haverá sacrifício humano".

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais