Carregando...

Polícia

Vereador Ronaldo Batista é preso em operação que investiga homicídio em BH

Vereador é investigado por participação no assassinato de Hamilton Dias de Moura, vereador da cidade de Funilândia, região Central de Minas

Por Fernando Motta

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (15) o vereador de Belo Horizonte Ronaldo Batista (PSC) durante uma operação que investiga o homicídio de um parlamentar de Funilândia, em julho deste ano na capital mineira.

Batista ficará preso preventivamente. Ele foi detido nesta manhã na avenida Tancredo Neves, região da Pampulha, perto do local onde mora e, em seguida, foi conduzido para a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), onde presta esclarecimentos.

Ele é investigado por participação no assassinato de Hamilton Dias de Moura, vereador da cidade de Funilândia, região Central de Minas. O crime aconteceu em frente à estação de metrô Vila Oeste.

A Polícia Civil informou que seis pessoas já foram presas suspeitas de envolvimento na morte de Hamilton Dias de Moura. 

Em agosto, a Polícia Civil deflagrou uma operação e cumpriu 21 mandados de busca e apreensão na capital, em cidades da Grande BH e do Centro-Oeste de Minas. Na ocasião, dez computadores foram apreendidos no gabinete de Ronaldo Batista de Morais, na Câmara Municipal de Belo Horizonte.

A reportagem tentou procurar o gabinete do parlamentar, mas as ligações não foram atendidas.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais