Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/Agência Brasil

Abi-Ackel sai em defesa de Aécio e retruca presidente do PSDB de São Paulo

Aécio tem defendido que o PSDB não necessariamente tenha um candidato próprio à Presidência da República, o que irritou aliados de João Doria

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


O deputado federal e presidente do PSDB de Minas, Paulo Abi-Ackel, saiu em defesa do ex-governador Aécio Neves (PSDB-MG), que recebeu críticas de outro tucano neste final de semana. Em entrevista à revista "Veja", o presidente do PSDB paulista, Marco Vinholi, afirmou que Aécio "está a serviço de tudo, menos do PSDB. Ele atua contra o partido".

Aécio tem defendido que o PSDB não necessariamente tenha um candidato próprio à Presidência da República, o que irritou aliados de João Doria. Em nota, Abi-Ackel afirmou que a "defesa de uma candidatura única do centro democrático tem sido feita por todos que se preocupam com o quadro de radicalismo político que vivemos hoje no Brasil. Inúmeros políticos, dentre eles o deputado Aécio Neves, defendem a unificação do centro político".  

O presidente do PSDB mineiro afirma, ainda, que é "estranho que contra essa tese se revolte o presidente do diretório estadual do PSDB de SP, fazendo críticas sobre esse tema ao deputado mineiro. Se temos a intenção de buscar apoio a um eventual candidato do PSDB, é essencial que também estejamos dispostos a apoiar outra candidatura que eventualmente se apresente em melhores condições que a nossa. É imperativo agir com responsabilidade e desprendimento nesse momento".

Vinholi é um dos principais aliados de João Doria no partido. O governador paulista tem colecionado derrotas dentro do PSDB e dificilmente conseguirá emplacar sua candidatura ao Planalto.


* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais