Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/CMBH

Após e-mail de Kalil, vereadores Irlan Melo e Bim da Ambulância vão sair do PSD

Na mensagem, o prefeito pontua que os dois vereadores, além de Cláudio do Mundo Novo (PSD), só poderiam ser recebidos com autorização do prefeito

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Em meio à crise entre a Prefeitura de Belo Horizonte e a Câmara Municipal, os vereadores Irlan Melo e Bim da Ambulância pediram a desfiliação do PSD. Os dois parlamentares foram citados, na semana retrasada, em e-mail enviado pela secretária pessoal do prefeito Alexandre Kalil e destinado ao secretariado. Na mensagem, Kalil pontua que os dois vereadores, além de Cláudio do Mundo Novo (PSD), só poderiam ser recebidos com autorização do prefeito.

O PSD de BH, atualmente, é presidido pelo vice-prefeito Fuad Noman, que até tentou segurar os parlamentares na legenda. Kalil também é filiado ao partido.

No dia do e-mail, a Câmara Municipal de BH aprovou uma mudança no regimento interno da Casa que, no fim das contas, facilita e agiliza que os vereadores consigam derrubar decretos publicados pelo prefeito. Antes, a Câmara precisava analisar o decreto em várias comissões para, depois, enviar a análise ao plenário, processo que poderia durar até quatro meses. Com a mudança, o decreto só precisa ir a uma comissão especial antes de ser votado por todos os parlamentares.

Na sessão, Bim votou favoravelmente ao projeto, enquanto Irlan não participou da votação. Cláudio do Mundo Novo, que, por enquanto, ainda permanece na legenda, presidiu a reunião e, por isso, não poderia votar.


* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais